Considerações Práticas e Aplicações Acionáveis para Agências em Meio ao Surto do Coronavírus

COVID-19-crisis-marketing

O novo coronavírus afectou mais do que apenas a nossa saúde e segurança pessoais, e as empresas têm de se adaptar para sobreviver.
O novo coronavírus alterou drasticamente as normas funcionais de muitas empresas, em especial as das agências digitais. À medida que os sistemas económicos, as necessidades dos consumidores e os requisitos dos clientes mudam, o mesmo deve acontecer com a base operacional da agência. Embora isto possa servir para criar uma sensação de instabilidade e pânico, há itens acionáveis e medidas práticas a serem tomadas para ajudar a garantir a continuidade do seu negócio.

Estas aplicações estão focadas não só no que esta crise significa actualmente para uma agência e para as suas operações de base, mas também na forma como se poderia reagir razoavelmente aos meses de recuperação necessários após a conclusão viral.


Analisar e Reduzir as Despesas


A fim de reduzir as despesas de modo a não cortar nas receitas, é preciso primeiro descobrir onde é que o dinheiro está a ser gasto e qual a forma de retorno que se pode esperar.


Analise


Analisar todos os custos, até ao último cêntimo. (Você já deve ter isto em ordem, mas se não tiver, agora é o momento perfeito para cavar mais fundo). Pegue nestes custos e separe-os em duas categorias principais:

● Custos Fixos
● Custos Variáveis

Em seguida, divida cada um destes custos em subcategorias específicas, na medida das suas capacidades. Permitindo uma especificação do destino de cada quantia, tornando simples a ponderação em relação ao lucro potencial mais tarde.


Organize


Criar diferentes cenários de receitas com a probabilidade de mudança no status do cliente. Isto significa que os clientes saem, estabelecem acordos a serem cancelados ou pausados, etc. Siga esta especulação com a procura da receita mínima necessária que a sua agência necessita para continuar a avançar com cada operação individual.

Para cada cenário, corte nas despesas de forma a atingir o break-even status. Utilize quaisquer serviços de apoio governamentais aplicáveis, caso estejam à sua disposição ou incluam outras medidas, tais como a redução do horário de trabalho do pessoal em 25%, etc.


Prioridades


Considere o custo de cada cliente. Verifique as horas facturadas que a sua equipa realmente gastou em cada cliente, e pese-as em relação às horas que foram contratadas. Verifique o dinheiro que foi gasto na criação de conteúdos, se estiver a fazer outsourcing, e os custos de publicação associados a esses conteúdos. (posts de convidados, infográficos, relações públicas online, etc)

Crie esta análise de custos para cada cliente numa base mensal.


Collate


Crie um documento com esta informação, descrevendo claramente qual o lucro que a sua agência pretende obter de cada cliente individual. Isto tornar-se-á claro quando os custos do cliente e o que cada cliente lhe paga forem comparados.


Foco nos Nichos/Países Rentáveis


Pode descobrir que certos nichos ou países são mais rentáveis do que outros. Compreenda porque é que isto está a acontecer. A maioria das vezes está relacionada com custos variáveis. Se você é uma agência SEO, uma grande parte dos seus custos variáveis vai para a criação e publicação de conteúdos. Como exemplo, na nossa agência temos grandes clientes no mercado de cryptocurrency que exigem muita publicação de conteúdos sob a forma de artigos, infografias, etc. Por isso, já temos uma grande base de dados de sites onde publicamos regularmente, com contactos e protocolos bem estabelecidos com a nossa agência. Isto poupa-nos a todas as horas de contacto da nossa equipa à procura de sites e preços de negociação, sempre que um novo cliente do mercado criptográfico entra a bordo.
Novos clientes neste nicho, tornam-se muito mais baratos do que os clientes de um novo nicho.

O mesmo se aplica aos países. Em Portugal, temos uma grande base de dados de lugares para publicar conteúdos de alta qualidade, incluindo até alguns sites fantásticos que aceitam publicações gratuitas. Por isso, os novos clientes têm um custo variável muito baixo durante os primeiros meses em termos de publicação de conteúdos.


Considerar Recessão Proof/Proactive Industry


Tente encontrar nichos que não sejam afectados, ou que não sejam tão severamente afectados, pela crise do coronavírus. Concentre-se nestes tipos de nichos em conjunto com os clientes estabelecidos, pois o período de recuperação pode causar um novo tipo de perturbação nas tendências do mercado.

Invista apenas onde o seu dinheiro estiver
Com o anterior em mente, concentre-se em obter pistas para estes nichos/países de modo a maximizar o ROI de cada cliente. Desta forma, o seu custo por conversão será o mesmo, mas uma vez convertido, esse cliente será muito mais rentável.

Assim, em resumo, focar a sua geração de leads directamente relacionada com clientes pré-existentes e bem estabelecidos pode servir para maximizar os lucros. Isto é em grande parte porque estes nichos:

● já estão associados a bases de dados de contactos ou editoras estabelecidas
● São capazes de fornecer especulações mais fiáveis sobre os preços
● Reduzir as horas de facturação da equipa e do tempo, confiando em relações pré-estabelecidas
● Não exigirá mais despesas para a obtenção de novos clientes dentro de um nicho conhecido.

Direccione a sua promoção


Assim que tiver uma ideia clara de quais os nichos, países e clientes que estão definidos para dar à sua agência os fluxos de receitas mais fiáveis ao menor custo, terá agora de considerar a promoção da agência. À medida que as tendências do mercado e a vitalidade do negócio mudam, os custos de promoção pagos também têm sido aumentados.

GoogleAds, Instagram, Facebook, e uma série de pontos de venda promocionais historicamente úteis estão a mostrar um custo por clique muito mais baixo, devido à falta de investimento. Aproveite este mergulho de mercado e invista na promoção da sua agência a um custo inferior ao habitual.


Utilize o Cold Calling


Utilize estes nichos previamente identificados para criar uma campanha de e-mail marketing. Encontre todas as empresas relevantes para esses nichos e países. Utilizando os resultados da pesquisa Google e o LinkedIn, encontre os e-mails e os principais representantes das primeiras 100 empresas relevantes que encontrar. Utilize uma campanha de e-mail ou uma conta LinkedIn paga para contactar directamente estes representantes, explicando porque é que a sua agência é directamente aplicável às suas necessidades actuais. Utilize estudos de caso e mensagens visuais fortes para solidificar e reforçar o seu ponto de vista. Confie fortemente nos dados históricos e na eficácia comprovada da sua agência, uma vez que estes dizem directamente respeito à indústria deles.


Encontre novos fluxos de receitas


Embora se esteja a concentrar maciçamente na redução de custos e na utilização de recursos reduzidos, uma mudança tão drástica na função diária do negócio irá vê-lo com o tempo de inactividade. Utilize qualquer tempo recém-liberto que a sua equipa tenha tido para fazer um brainstorming e executar novas estratégias que o ajudarão a fortalecer o seu negócio no futuro. Adaptando os recursos existentes para se concentrar na sua própria agência internamente, em vez de se concentrar constantemente apenas nos clientes. Utilize o novo tempo extra para si.

Considere utilizar este tempo para criar um webinar sobre áreas de interesse ou especialização. Concentre-se no SEO para serviços de vídeo ou voz, crie uma série de vídeos da sua agência filmando as suas sessões de reunião (as pessoas gostam de ver outras agências a trabalhar). Pense em formas de promover os seus serviços e solidificar a sua agência como um especialista do sector, reforçando as suas capacidades e imagem como líder para quando os mercados voltarem à normalidade.

Fique em segurança, e fique bem.